Marina Silva fala de setor agrícola, aprovação em MT e reforma trabalhista

A ex-senadora e ex-ministra Marina Silva (Rede Sustentabilidade-AC) que lançou oficialmente sua pré-candidatura a presidente da República no início deste mês de dezembro esteve em Cuiabá neste sábado (16) para participar do seminário 18 Eixos Estratégicos para um Brasil Sustentável promovido pelo partido.

Em entrevista a imprensa a presidenciável citou a importância do apoio ao setor agrícola para gerar emprego e renda, mas ressaltou a necessidade do desenvolvimento de uma economia sustentável.

“O apoio para o que setor agrícola, que é muito importante para nossa balança comercial, para o Brasil possa gerar emprego e renda, mas que tenha o devido apoio para ser uma economia sustentável. Não dá para querer aumentar a nossa rentabilidade no setor agropecuário sem investir em tecnologia, sem investir em inovação, sem criar arregramentos que faça essa integração entre o desenvolvimento econômico e a proteção ao meio ambiente”, disse.

Questionada sobre os 14,11% dos votos que teve no estado de Mato Grosso na eleição 2018 brasil de 2014, a pré-candidata disse ter uma boa aprovação na região Centro Oeste e acredita que o pensamento das pessoas estão mudando em relação aos políticos que vencem com um discurso e que o mudam na prática.

“No Tocantins fiquei em primeiro lugar, em Brasília também fiquei primeiro. O problema é que aqui as pessoas moram muito perto de Brasília e elas observam a pratica daqueles que ganham a eleição com um discurso e depois vão para lá fazer corrupção. Eu tenho 33 anos de vida pública graças a deus ando de cabeça erguida em todos os lugares e fazemos o debate. Ainda bem que o povo é mais sábio no seu processo de escolha. Por que o povo não fica de olho só no discurso, mas também na prática. E aqui no centro oeste as pessoas estão dando uma boa resposta graças a Deus”, pontuou Gshow BBB 2018.